Buscar

O QUE FAZER COM AS ROUPAS QUE VOCÊ QUER TIRAR DO ARMÁRIO?

Limpei meu armário... E agora?

Bom, como tenho incentivado esse negócio de triagem no guarda-roupa, nada mais justo do que dar uma (ou algumas) soluções para o que fazer com aquilo que você decidir tirar. Como eu fiz "apenas" sete limpas só esse ano (😳), já posso dizer que estou expert!


Bom, mas n verdade é uma vida fazendo limpas no armário e buscando alternativas para as peças. Encurtando a história: de bazar em casa para as amigas a malas de roupa no trabalho ou em portarias de prédios, tivemos (família, no caso) um brechó físico por 3 anos no Paraíso, aqui em São Paulo, mesmo!


Então eu sei que uma dúvida que surge é: o que fazer com aquele monte de roupa que você não quer mais? Algumas estão com etiqueta, outras foram usadas uma vez, outras já estão mais velhinhas...


Vem ver que dar suas roupas para os primos não é a única opção!


Ah, roupas em estado ruim (rasgadas, furadas, sujas, manchadas) preferi não colocar aqui, pois cada um tem sua maneira de dar fim... Desde que não seja no lixo, hein!


VENDER

Quando uma roupa, bolsa, acessório ou calçado ainda está em bom estado e você não quer mais, uma opção é tentar vender, assim você pratica a economia colaborativa e circular - mantendo as peças em uso no mercado, aumentando sua "vida útil", e reduzindo o consumo ou demanda de roupas novas.


Ah, e, claro, quem sabe ainda não ganha um dinheiro com isso...


Algumas opções são:

  • Brechós (a maioria trabalha com número mínimo e precisa aprová-las)

  • Grupos no Facebook

  • OLX

  • Enjoei

  • Repassa

  • Etiqueta Única

  • Peguei Bode

  • Loja Moeda de Troca (nesse caso você troca roupa por roupa)


DOAR

Essa é a prática mais comum de quem faz aquela limpa no armário e quer se librar logo das roupas que se acumulam em sacolas pela casa. Mas você pode fazer algo com mais sentido, tanto para você, quanto para quem vai receber - lembrando que essas peças precisam estar em bom estado também. Olha só:

  • Brechós e bazares

  • Entidades, pessoas carentes ou ações sociais

  • Marcas que fazem algum tipo de reaproveitamento das peças, seja tecido, aviamento (o famoso upcycling) - Re Roupa, Comas, Coletivo de Dois, Resgate Fashion, Upcyqueen, Colibrii (é questão de entrar em contato com eles e ver se têm interesse em receber)

Roupa íntima

Com certeza a maior dúvida quanto à descarte de peças do armário, já que poucos ou quase nenhum lugar aceita doações. Normalmente ONGs, projetos sociais, hospitais, maternidades recebem doações, fazem uma triagem e higienizam as peças. O projeto Amiga Recicla da marca OuseUse, em Minas, também recebe e as encaminha para mulheres carentes.


Meia

Só conheço o projeto da Puket, mas deve haver mais marcas que devem fazer isso. Eles transformam meias usadas em cobertores para quem mais reocisa! Tudo que você precisa fazer é levar as suas meias em qualquer loja e depositar nas urnas.


ARRUMAR OU COSTUMIZAR

Durante o processo de separação das suas peças, você olha com carinho para o que pode ser transformado ou simplesmente dispensa tudo aquilo que não usa mais? Um simples ajuste pode ser a solução para o caimento ideal, para o comprimento certo...


E se você for além? Não pense simplesmente em penses, recorres, tamanho de barra ou manga... uma calça pode virar shorts, uma camisetona pode virar um top cropped... A imaginação só depende de você.


Essa é uma das técnicas que "tá na última moda" (rs) e pode trazer muito estilo e identidade para suas peças. Lembra quando alguma coisa rasgava e sua mãe grudava um patch em cima? Acho que a ideia veio daí, viu!


Mas falando sério, as técnicas hoje evoluíram muito, e nao tem limites para as transformações.


Viremos todos estilistas!


LEVAR EM FEIRAS DE TROCA

Isso ainda é meio novo por aqui, mas com grande potencial de crescimento. Nessas feiras você literalmente troca suas roupas usadas com outras pessoas que estão na mesma que você. Esse "evento" possui datas marcada e até avisos no Instagram ou Facebook, então fique de olho!


Conheço essas:

  • Trocaderia

  • Trocaí

Além disso, você pode promover feiras de troca entre seus amigos, parentes... oras, por que não?


Ah! E algumas marcas como C&A ou Renner possuem postos de coleta de peças usadas.


SÓ NÃO JOGUE SUA ROUPA NO LIXO!

Seja qual for o caminho que você optar, nunca, jamais, never descarte uma peça de roupa no lixo. Roupas são feitas de diferentes matérias primas e jogá-las no lixo é perigoso, pois contamina o solo e acaba em aterros junto com outros materiais que decompõem de maneiras distintas.


Além de tudo, repense a maneira como você compra, Uma compra mal feita, por impulso ou por consumismo puro é o que gera a necessidade de tirar cada vez mais coisa do armário.


A solução é ter menos peças, mas CERTAS, e que DUREM MAIS.

Gostou do conteúdo? Manda para aquela sua amiga que está precisando de uma limpa no armário!


Beijos, fui!

Mi Cardoso